Três passos para reconhecer e reforçar os pontos fortes dos nossos filhos


Alessandra Ferreira | Psicóloga Infantil



Pensando em nosso papel como pais, gostaria de convidá-los para uma reflexão.

Geralmente, estamos focados mais nos nossos pontos fracos do que nos fortes e isso também vale para os nossos filhos. Fazemos isso com a melhor das intenções, queremos corrigir, melhorar, evoluir. Isso não está errado! A grande questão é o foco que colocamos nisso. Por exemplo, uma criança gentil, disposta a ajudar os amigos, habilidosa nos esportes ou nas artes, mas com dificuldades com as notas de matemática ou de outras matérias. Ficamos muito preocupados em cuidar disso, em resolver isto! Aliás, na maioria das vezes, estamos sempre querendo resolver ou consertar, já perceberam? Claro, que não vamos deixar as dificuldades de lado, vamos cuidar delas uma a uma! Porém, se o nosso foco ficar voltado para isto e esquecermos de ressaltar os nossos pontos fortes ou dos nossos filhos, há um desiquilíbrio. Esquecemos ou não dizemos o quanto temos orgulho das características positivas.

Vamos lembrar de alimentar este lado, os pontos fortes e não somente os pontos fracos.

Que tal brincar com as crianças de identificar todas as suas qualidades e colocá-las como super poderes? É simples!

1. Desenhe um grande círculo numa folha de papel ou mesmo no chão e, em família, cada um conta para o outro o que admira como qualidade, como ponto forte.

2. Transforme essa qualidade em uma cor, forma ou desenho (isso ajuda a deixar tangível o que vivia no mundo da subjetividade).

3. Por fim, recorte e exponha essa qualidade em algum lugar especial. Assim todos irão enxergar o que há de melhor em cada um.

Depois conte aqui como foi, certeza que será uma experiência maravilhosa.

126 visualizações

Rua Professora Celina Sampaio, 44  |  Vila São Francisco  |  São Paulo - SP  |  (11) 3718-0209

espacoitawegman.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Para saber mais sobre Antroposofia acesse o site
da Sociedade Antroposófica
do Brasil em www.sab.org.br.

2018 © Lancelot Comunicação