Gravidez e Carnaval


Priscila Raposo do Amaral | Ginecologista Obstetra Antroposófica

Nesta época de folia, surge a dúvida: gestante pode pular o carnaval?


A resposta é sim, mas com moderação.


Do ponto de vista fisiológico, cada idade gestacional exige um certo tipo de atenção.

No primeiro trimestre, quando ocorre a formação do bebê, náuseas, sonolência, fraqueza e mal estar são mais comuns devido ao aumento da progesterona que é o hormônio da gestação. Se você está nesse início de gravidez, o ideal é que tenha bons cuidados com o corpo, alimentação e com as emoções e sentimentos também. Aproveite o carnaval para sorrir e se alegrar.

No segundo trimestre, ocorre o desenvolvimento do feto. É nesta fase que a mulher sente a plenitude da gestação, os sintomas de mal estar melhoram e surge o orgulho da barriga que agora aparece com mais facilidade. Os cuidados devem ser os mesmos da primeira fase, mas se houver um pequeno exagero nesta fase, a compensação se dá mais facilmente.

O terceiro trimestre é quando o bebê cresce. A gestante sente mais o cansaço, inchaço nas pernas, azia, mal estar. Alguma complicação aqui causada por exagero pode não ser de simples resolução.

Desde que não hajam intercorrências no pré natal, as mulheres nesta fase devem ter alguns cuidados para pular o carnaval:

1. Não se expor muito tempo ao sol, calor, ambientes fechados , pois pode levar à queda de pressão.

2. Usar protetor solar, já que algumas gestantes podem desenvolver manchas de pele como cloasma gravídico.

3. Se hidratar, é muito comum a desidratação devido ao calor.

4. Alimentação deve ser leve e frequente, com frutas, sucos, saladas, castanhas. A hipoglicemia tem como sintomas tontura, náuseas, dor de cabeça, taquicardia, confusão mental.

5. Usar roupas leves e sapatos confortáveis. Isso ajuda as gestantes a não ter agravado alguns sintomas comuns da gravidez como sonolência, fadiga e embotamento psicomotor, levando à respostas mais lentas.

6. Cuidado com aglomeração para evitar doenças transmitidas por contato aéreo.

7. SEMPRE lavar bem as mãos.


8. NÃO BEBA, seu fígado aguenta, mas o do seu bebê NÃO, ele é muito pequeno. Não imponha ao seu filho esse trabalho extra.


Levando em conta estes cuidados, caia na folia e divirta-se!!


(foto André Patroni)


70 visualizações

Rua Professora Celina Sampaio, 44  |  Vila São Francisco  |  São Paulo - SP  |  (11) 3718-0209

espacoitawegman.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Para saber mais sobre Antroposofia acesse o site
da Sociedade Antroposófica
do Brasil em www.sab.org.br.

2018 © Lancelot Comunicação